Goioerê

Publicada em 08/03/18 às 11:13h
FIM DA REBELIÃO NA CADEIA PÚBLICA DE GOIOERÊ

GOIOERÊ É ASSIM


 (Foto: GOIOERÊ É ASSIM)
Terminou por volta das 9 horas, a rebelião na Cadeia Pública de Goioerê a rebelião que iniciou por volta da meia noite de quarta-feira, dia 8. Durante esse período houve uma intensa negociação dos policiais com os rebelados.
Cerca de 40 policiais participaram da operação. Para garantir a segurança da população todas as ruas em torno da delegacia foram bloqueadas.
Um dos momentos mais tenso das negociações foi quando os rebelados ameaçaram matar os presos que estava como refém.
Com o fim do conflito os policiais vão fazer uma avaliação no presídio para fazer um levantamento dos estrados causados pelos presos.

COMO FOI A REBELIÃO
A rebelião começou depois de uma série de fatores desfavoráveis aos presos. A insatisfação parte de alguns fatos recentes, a começar por uma tentativa de fuga que resultou no cancelamento momentâneo das visitas. Outro foi a interceptação de celulares e drogas.
Após o início da agitação no cárcere, os presos começaram a bater nas grades e conseguiram romper o cabo de aço que prende a porta de acesso. Também danificaram o sistema de abastecimento de água e a cadeia começou a alagar.
A energia elétrica foi cortada e os internos exigiram a presença da imprensa. Um breve contato foi feito entre repórteres e a comunidade carcerária, intermediada pelo capitão Renato, comandante da 2ª Companhia.
Em seguida, os rebelados exigiram suprimento de água e a presença da televisão.

(COM INFORMAÇÕES MANANCIALNEWS.COM.BR)
FOTOS: EZEQUIEL- GOIOERÊ É ASSIM;
-



Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Redes Sociais


As Notícias e Informações em Tempo Real com Qualidade e Profissionalismo.
Copyright (c) 2018 - GOIOERÊ É ASSIM - Todos os direitos reservados